WhatsApp falso no Google Play
6 de novembro de 2017
marketing digital 2018
Tendências de Marketing Digital para aumentar os negócios em 2018
7 de novembro de 2017
Como monitorar o acesso das crianças na internet

Atualmente as crianças já nascem sabendo mexer no computador, celular, smartphone, tablet, entre outros aparelhos e dispositivos móveis com acesso a internet… e muitas vezes elas mexem até melhor que os adultos, não é verdade? Mas os pais e responsáveis precisam acompanhar a rapidez dos pequenos pra evitar que eles acessem conteúdos impróprios ou até comprem produtos pela internet sem autorização. Como fazer isso?

No celular é bem fácil limitar o que está liberado pras crianças! No Android, tem como restringir os aplicativos, filmes e músicas que podem ser baixados. É só entrar na Play Store, ir em “Configurações” e depois em “Controle dos pais”. Aqui você pode determinar a faixa etária dos apps e filmes que estão liberados para as crianças e ainda bloquear músicas com letras impróprias pra elas. Fantástico, né?

no iOS, é só entrar em “Ajustes”, depois em “Geral” e “Restrições”. Toque em “Ativar Restrições” e coloque uma senha pra que só você consiga fazer essas alterações. Agora escolha o que as crianças podem acessar e quais conteúdos e funções estão liberados ou bloqueados. Na parte de conteúdo, por exemplo, se você entrar em sites, dá pra escolher quais páginas podem ser acessadas; já nos aplicativos você seleciona a faixa etária dos apps que vão aparecer na loja online.

No computador também é bem fácil limitar o acesso dos pequenos. Pra começar, vamos falar dos navegadores: tanto o Chrome, quanto o Firefox e o Edge permitem que os pais bloqueiem sites que os filhos não podem entrar.

No caso do Firefox, você pode usar uma extensão de bloqueio. No Chrome você só precisa entrar na página de “Configurações de Pesquisa” e clicar em “Bloquear o SafeSearch” pra evitar conteúdos inapropriados.

Já no Edge dá pra configurar o acesso das crianças através da conta família e o legal é que com essa conta você também consegue configurar o computador! Dá pra saber o que as crianças acessam, definir quais jogos, sites e filmes elas conseguem ver e até escolher o tempo que seu filho pode ficar no computador!

Viu como é fácil? E não se esqueça de sempre conversar com o seu filho sobre segurança na internet!

Internet

Internet é um sistema global de redes de computadores interligadas que utilizam um conjunto próprio de protocolos (Internet Protocol Suite ou TCP/IP) com o propósito de servir progressivamente usuários no mundo inteiro. É uma rede de várias outras redes, que consiste de milhões de empresas privadas, públicas, acadêmicas e de governo, com alcance local e global e que está ligada por uma ampla variedade de tecnologias de rede eletrônica, sem fio e ópticas. A internet traz uma extensa gama de recursos de informação e serviços, tais como os documentos inter-relacionados de hipertextos da World Wide Web (WWW), redes ponto-a-ponto (peer-to-peer) e infraestrutura de apoio a correio eletrônico (e-mails). As origens da internet remontam a uma pesquisa encomendada pelo governo dos Estados Unidos na década de 1960 para construir uma forma de comunicação robusta e sem falhas através de redes de computadores. Embora este trabalho, juntamente com projetos no Reino Unido e na França, tenha levado a criação de redes precursoras importantes, ele não criou a internet. Não há consenso sobre a data exata em que a internet moderna surgiu, mas foi em algum momento em meados da década de 1980

.

Fonte: Olhar Digital / Wikipédia